Eu me amo

Eu esperava não ter que, na segunda semana, fazer um post quebra-galho aqui. Mas, contra minha vontade, terei que fazê-lo. Me esforcei pra encontrar o mais prático e interessante pra publicar. A ideia veio. Ouça essa música:


Achou o cúmulo do egocentrismo, né? Agora repare na letra, especialmente na parte destacada:

Há quanto tempo eu vinha me procurando
Quanto tempo faz, já nem lembro mais
Sempre correndo atrás de mim feito um louco
Tentando sair desse meu sufoco
Eu era tudo que eu podia querer
Era tão simples e eu custei pra aprender
Daqui pra frente nova vida eu terei
Sempre a meu lado bem feliz eu serei

Refrão
Eu me amo, eu me amo
Não posso mais viver sem mim

Como foi bom eu ter aparecido
Nessa minha vida já um tanto sofrida
Já não sabia mais o que fazer
Pra eu gostar de mim, me aceitar assim
Eu que queria tanto ter alguém
Agora eu sei sem mim eu não sou ninguém
Longe de mim nada mais faz sentido
Pra toda vida eu quero estar comigo

Refrão

Foi tão difícil pra eu me encontrar
É muito fácil um grande amor acabar, mas
Eu vou lutar por esse amor até o fim
Não vou mais deixar eu fugir de mim
Agora eu tenho uma razão pra viver
Agora eu posso até gostar de você
Completamente eu vou poder me entregar
É bem melhor você sabendo se amar

Eis o que eu digo: as pessoas precisam gostar de si mesmas. Em vez disso, a maioria prefere se envolver em mil e um relacionamentos na busca pela felicidade. Hey, pessoas, aceitem-se! Reconheçam seus defeitos e suas qualidades, aceitem-os, gostem de si mesmas. Isso é per-so-na-li-da-de. Só sabendo conviver com nós mesmos é que saberemos conviver com outros. Aí, quem sabe, o relacionamento dos sonhos possa acontecer...

E é claaro que uma música dessas tem que ser do meu querido, amado, idolatrado Roger Moreira.

Na esperança de um post mais decente na próxima semana, me despeço. Espero ter feito um post quebra-galho no mínimo aceitável. O tema rende, mas deixarei pensar por si mesmos porque o tempo me falta. Até semana que vem, povo!

6 comentários:

Allyne Araújo disse...

"eu me amo, eu me aceito, eu me renego e eu me quero de volta"... rsrsrsrsr... embora cheio de bom humor, tem lá sem lado verdade.
bjooo

Nise disse...

A gente tem que se amar mesmo, e tenho dito!!!kkkkkkkkk. Boa semana!!!

Andressa disse...

hahaha, essa música é ótima.

Dayane Pereira disse...

Falou e disse!
Muitas pessoas procuram suprir suas carências em outras pessoas, mas esquecem de se amar e de se aperfeiçoar cada dia mais, pra se amar mais.

Pandora disse...

Pois é Ana, tem que se amar mesmo, Jesus diz na Bíblia (cito ELE e Ela pq sou cristã) diz que devemos amar a Deus e ao próximo como a nós mesmos, ou seja, devemos NOS amar antes de amar a outra pessoa.

Se não gosto de mim, dificilmente vou gostar DE VERDADE de outra pessoa!

Para um post quebra-galho esse até que ficou muito bom!

Rebeca Postigo disse...

Bela música!!!

Bjs