Suspiro


Contou-me uma história e pediu-me para que eu chegasse mais perto... Seu hálito doce e levemente cítrico tirava-me a concentração, e eu sentia que minhas mãos estavam frias e suadas ao mesmo tempo simplesmente pelo fato de estar tão próxima e paralisada pelas nuances daquele olhar.

Acho que ele comentou algo a respeito da música ou da bebida, mas a única coisa que me lembro em detalhes eram os seus dedos segurando e girando as azeitonas em meio aquele liquido incolor, acompanhado de um vago movimento de subir e descer.

- Eu não escolho minhas vitimas pela lábia ou pela fama – Resolvi abrir o jogo, enquanto tentava sair daquele estado de quase hipnose.

- E quem disse a você que tudo se resume a sexo?
E lá estava ele uma vez mais virando o jogo ao seu favor.....

P.s: Essa idéia me passou pela cabeça ontem enquanto ouvia música.. Por isso esta meio sem começo e fim, e sem a certeza de que irá haver continuação. Beijos pra vcs e boa semana!
E adivinhe a música:
*Carelesse Whisper/George Michael;
 Paulo Ricardo
Imagem do site: sociedadedospoetasporvir.blogspot.com

2 comentários:

Ana Seerig disse...

Continua, continua!

Erica Ferro disse...

Acho que deveria continuar, Allyne! Esse post ficou com um gostinho irresistível de quero mais!
:D