Lollapalooza, Música e Arctic Monkeys


Criado em 1990, por Perry Farrell, “Lollapalooza” é um festival de altos e baixos, e sem dúvida legal. Em caráter americano o mesmo resolveu desembarcar em terras brasileiras esse final de semana (07-08/04), e ao contrário do que foi o “Rock and Rio” ano passado, podemos notar que todas as bandas participantes tinham os pés no rock and roll, com algumas exceções em pegadas mais pop rock, mas nós sabemos que nem tudo é perfeito, e que melhor isto do que axé...

Esqueça se você esperou pelas transmissões da MTV via TV aberta, pois esta deu adeus à parabólica no ultimo 1° de abril, o que foi a “pegadinha” mais sem graça e sem aviso prévio do dia, e que resultou por deixar milhares de telespectadores adolescentes órfãos. E o motivo? Segundo alguns sites, seriam baixos resultados e altos custos de sinal aberto, e por isso a mesma estaria voltando aos pacotes pagos, se é verdade ou não é meio tarde para reclamar. Agora se você tem paciência e falta do que fazer continue a sintonizar sua TV no mesmo carnal, pois lá há uma tal BRZ cheia de clipes repetidos e sem graça, bem como programação de Quiz de perguntas e respostas. Ou espere pela programação especial musical e noturna da TV Globo, esta que por sua vez é apinhada de cortes e fora de hora, sem contar que não é fixa... E eu só tenho a lhe desejar boa sorte.

Outra opção é o programa “Segue o Som” da TV Brasil (dica da Dona Coisinha via faceboock) que apresenta entrevistas, comentários, clipes e boas novidades ligadas à música todos os sábados entre às 16h00min e 17h00min, bem como os boletins musicais ao longo da semana no programa “Estúdio Móvel” da mesma emissora. E o “Afinando a Língua” da TV Futura todas as terças às 22h00min, com reapresentação no sábado às 20h30min, que mistura literatura e música ao mesmo tempo.  

Entretanto, e chega de propaganda (ninguém esta me pagando por isso), voltemos ao festival... Este contou com boas bandas, entre elas “Joan Jett and Blackhearts” (kristen Stewart esta mesmo a cara dela no filme The Runaways), “Foo Fighters” (do ex-baterista do Nirvana, que por falar nisso é ótima) e “O Rappa” (representante de peso do Brasil). Mas a banda que me chamou a atenção pela a energia e por cumprir com honra o desafio de encerar um espetáculo foi o “Arctic Monkeys”, estes que até domingo eu não conhecia, embora estejam a quase dez anos no cenário musica britânico e coisa e tal, mas se querem saber o som deles me fez mexer os pés, cantar junto e me deu fome (o que é um bom sinal), e eu gostei dos caras.

Apesar de ser uma banda relativamente nova, pode-se notar que ela conversa bem com as bandas do inicio da década de 90, e a voz do vocalista lembra um pouco a do cantor do “Placebo”, sem ser enjoada como tal, e sem perder o caráter explosivo e dançante que tanto se busca nos conjuntos musicais de hoje em dia. E ao vivo eles mostraram que podem ser ainda melhores do que em disco, bem como no quesito surpreender. Porém, confesso que senti falta de um bom solo de guitarra, coisa que só foi percebida entre o fim de uma faixa e outra, e também faltou um pouco da agitação desmedida demonstrada pelos caras do Foo Fighters no palco, mas cada um com seu cada um.

A verdade é que festivais como estes tornam boas as energias do publico brasileiro sempre atraído por novidades, e movimentam a economia, por uma série de lados, mas o chato é que em sua maioria estão locados nas regiões sudeste, centro e sul, o que não movimenta e nem altera de fato as regiões de cá, e isso é desigual, mas isto será fruto de outra discussão. Por enquanto, apenas aproveitem os Arctic Monkeys:

Arctic Monkeys - Dancing Shoes



Arctic Monkeys  - Teddy Picker


P.s: Quem tem acesso a TV a cabo pôde acompanhar a cobertura completa via Multishow (o que foi o meu caso) ou pela internet. E ai, gostaram? Que tal nos mandar sugestões de assuntos via faceboock? É só acessar a nossa página e deixar seu recado... Beijos e boa semana a todos!

4 comentários:

Bia Jubiart disse...

Oi Linda!

Que maravilha te ver num blog, e falando sobre uma das coisas que vc ama: A música!

Pena que é tão longe...

Já linkando as gurias na Jubiart!

Beijocas p/ vcs meninas! E sucesso!

Tita disse...

Allyne, adorei o post. Já conhecia Artic Monkeys e gostava muito.
Mesmo sem MTV eu sempre acompanhei os festivais pelos blogs de música. Mas esse festival Lollapalooza eu boicotei. Não sei se vc acompanhou a briga da organização do festival com o Lobão. Sei que muita gente acha o Lobão um "criador de confusão", mas eu admiro demais o cara pq ele é dos raros que bota o dedo na ferida e desmascara as manipulações da indústria da música. Ele cobrou mais respeito aos músicos brasileiros, que estavam sendo colocados pra tocar nos piores horários. Acabou provocando modificações no festival que beneficiaram os outros brasileiros (que não mexeram um dedo e acataram tudo docemente como ovelhinhas).
Voltando ao post... imagina se uma guitarrista não ia querer mais solos de guitarra... :) Mas vc deve ter se encantando com Joan Jett & The Blackhearts, né?
Olha, você me faz chegar à conclusão de que adoro vozes enjoadas rsrsrs quem me levou para esse caminho do mal foi o Billy Corgan do Smashing Pumpkins lá nos idos dos anos 90. Então, gostar de Placebo foi meio que natural. Mas no momento atual estou realmente preferindo o ritmo mais pulsante do Artic Monkeys! Essa música Teddy Picker tem tudo a ver com o que eu ouço enquanto me concentro no meu trabalho rsrsrs Isso é sério!
Por favor, mais posts futuros sobre música!!!! Amei! Amei! Amei!

Alline disse...

Olha, que pena! Pois perdi justamente esse show! Queria ver o Dave Navarro, ex-Red Hot, tocar. E assim que terminou o do Jane's Addiction eu fui comer. :-≬
Mas isso já te contei lá no Face... rsrs

Vamos continuar curtindo música. Muita!

Beijos on the rocks, Nine!

Erica Ferro disse...

Já disse que eu achei teu post massa demais, né?
Eu nem assisti a esse festival, só acompanhei algumas notícias sobre ele e li uns tweets alheios falando dele.
Já ouvi alguma coisa de Artic Monkeys e lembro de ter gostado.
Só não paro pra ver esses vídeos agora porque a minha net tá muito safada esses dias, ou seja, os vídeos passariam dias pra carregar :P.

Beijo, Allyne!