Mulheres precisam ser excessivamente femininas?



Ser mulher é usar quilos e mais quilos de maquiagem toda vez que sair de casa? E a beleza natural, onde fica? Jogada no esquecimento. Aliás, quem inventou essa merda de padrão de beleza? Oh, claro, a sociedade caduca! Claro, claro, claro! Ser mulher é sussurrar ao invés de falar? Que coisa enojante! São "mais mulheres" aquelas que andam sobre saltos altíssimos? São "mais mulheres" aquelas que andam com um decote que, praticamente, mostra tudo? São mulheres "mais originais" aquelas que andam rebolando tanto que é bem possível que quebrem a cintura qualquer hora dessas? Sei lá, ao ver tais mulheres penso que só têm uma ambição na vida: conquistar o maior número possível de homens para alimentarem seus egos doentes. Algumas mulheres não pensam mais. Quando digo que não pensam, quero dizer que não refletem sobre as coisas relevantes da vida. Ora, desde quando que o lançamento de maquiagem marca x é mais importante do que as injustiças sociais? Ora, desde quando moda é mais importante do que as guerras que assolam o mundo? Ora, desde quando superficialidade fará algo para melhorar situações verdadeiramente preocupantes?
Entristeço-me profundamente ao ver esse tipo de mulher. Irrito-me ao mesmo tempo que deprimo-me ao ouvi-las falando de coisas banais e ignorando o que não pode ser ignorado. Talvez ignorem a si próprias. Talvez vivam num mundo de futilidades por medo de viver a vida real, a vida que às vezes é difícil, às vezes é dura, que às vezes machuca. Tenho pena.
Não, eu não estou dizendo que não se pode falar sobre coisas bobas, coisas quase sem nexo. Claro que se pode! Eu também falo. Não sou hipócrita ao ponto de dizer que vivo pensando dia e noite sobre como resolver as injustiças sociais. Mas eu não fujo de uma boa reflexão. Eu não consigo me esconder debaixo do cobertor quentinho da indiferença. Eu me importo. Eu sinto, eu sinto muito. Eu sou mesmo extremamente sensível. Isso é ser mulher. Isso é ser humano. Isso é ser verdadeiramente humano.
Hey, pessoas, onde se perderam? Onde deixaram de ser humanos e viraram apenas pessoas, sem coração e sem cérebro?
Hey, mulheres, menos superficialidade, e mais humanidade!

Um abraço da @ericona.
Até próximo sábado!

8 comentários:

Ana Seerig disse...

Ferro! Ferro! Ferro! \o/

Assino embaixo!

camilaLsilva disse...

Amei o post !

Babi Farias disse...

Por isso que sou sua fã, guria. Que explanação "fuderosa", como tu falas!

Agora eu realmente não me importo se por cima dessa salto e por trás dessa maquiagem toda, exista uma mulher com grandes anseios de usar sua posição social em prol de alguma boa causa...

Beijos, Ferro!

Pandora disse...

Arrasou!!! A sociedade tem um padrão de ser homem e de ser mulher, a mídia, a propaganda e a educação parecem querer impor isso, a mulher tem que ser essa coisa Barbie e o homem aquela coisa ogrodonte sem sentimentos!!!

Acho essa educação danosa demais!!! Não abre espaço para a pluralidade humana, para que a gente possa SER O QUE É!

E quando a gente não aprende a problematizar a realidade, a ser critico, acaba virando exatamente o que a mídia espera de nós... Lamento muito ver que muitas meninas e mulheres são apenas isso Barbies, não buscam mais, não olham além do seu próprio nariz, ficam presas nesse mundinho tão inho onde não existe mais nada.

VaneZa disse...

Realmente... nada mais desagradável do que futilidade em excesso. Nada mais desagradável, ainda, do que modelos de beleza e de feminilidade estipulados pela sociedade. Eu por exemplo acho lindo mulheres de jens, camiseta e tênis... eu acho que fica tão feminino rs. E acho que outro ponto tbm é lembrarmos que não basta sentir e/ou refletir nos problemas da humanidade... é preciso agir tbm. Eu sei que a humanidade é muito grande pra darmos conta... mas a gente pode fazer a nossa parte em muita coisa. Por esse assunto em pauta... e muitos outros como nós, blogueiras de qualidade rs, fazemos... já é fazer alguma coisa.

BeijoZzz

Retrato em Branco e Preto disse...

Ótimo texto Ericona! Infelizmente as pessoas têm se tornado insuportavelmente superficiais.

Um beijo!

Dayane Pereira disse...

Acho importante ter equilibrio em tudo, poder ser feminina e vaidosa, mas nao deixar isso te dominar.
Tem muita gente por ai que morre se perder o SPFW, assim como homens que veneram seus carros, videogames, etc..

Allyne Araújo disse...

dá pra ser feminina em muitos aspectos, nao é uma roupa nem maquiagem que diz se alguém é ou nao delicada ou bruta... Pra mim esse povo é assim porque quer ser coisa demais, pensa só com o espelho e esquece do resto.. Como diz a Vaneza e a outras ai em cima, nada de excesso, equilíbrio é o tom certo. beijoo Ericona!