Coadjuvante

``Eu observo muito, não sou de falar, olho em volta, reparo, e mesmo assim não noto certas coisas que estão "na cara". Percebi que eu olho, mas não vejo. Eu olho mesmo só com os olhos, pois o enxergar está na alma. Gosto de ficar devaneando quando estou andando na rua (o que me faz tropeçar até parada), quando estou sem fazer nada no serviço, quando estou em casa sentada no sofá teoricamente "assistindo" TV. Fico pensando em muitas coisas, dentre elas, como a minha vida poderia ser diferente... Pessoas diferentes, rotina diferente, amigos novos, ou apenas amigos. Claro que há pessoas que eu levo comigo nessa idealização de nova vida. Mas são poucas. A maioria das pessoas são coadjuvantes, álias. Eu mesma, me sinto coadjuvante da minha própria vida. Sabe a sensação de sentir que não está efetivamente vivendo a sua própria vida? Só está vendo ela passar, sendo empurrado do jeito que dá, sonhando , sonhando e apenas sonhando. Realizando que é bom , nada. Fazendo acontecer, só em pensamento. E quando penso que é o caminho certo, é por aí que vou seguir, puff, não está mais lá, já passou, bola pra frente. Daí eu imagino. Imagino que estou indo para minha própria agência de Publicidade quando acordo de manhã, lá eu mando, e lá as pessoas trabalham felizes. Isso eu imagino, dentre tantas outras coisas simples (ou não) e bobas (ou não), que nem valem à pena citar. Talvez isso de esquizofrenia aconteça um pouco com todos nós, de vez em quando, rs. 
É difícil acreditar em mim mesma , às vezes. Sempre. Ouvir que sou boa nisso ou naquilo, mas só ouvir, não ter uma chance de fazer mais, então. Essa de correr atrás, não sei não, tem de ser maratonista mesmo? Porque não tá adiantando.. Ou sou eu que ando observando demais...``

Eu escrevi esse texto no Penso, Logo... Blogo! dia 21/01/11. E estava relendo pois é incrivel perceber como as coisas podem mudar de uma forma que nem esperamos. Quando a gente apenas reclama e reclama, esquecemos de agir, e as coisas nunca se ajeitam sozinhas, precisamos sempre correr atras, por mais que pareça que não esta adiantando.
Pensem nisso!

1 comentários:

Carolina disse...

Concordo exatamente com vc, Dayane! Acho que todo mundo já passou por momentos em que simplesmente vê a vida passar. Mas chega o momento em que se tem a oportunidade de fazer acontecer. É bom ficar de olho...

:)