Dane-se!


“Só por hoje eu tomei a seguinte decisão: A de que se danem os problemas alheios e as teorias mal pensadas acerca de quem eu sou. Porque eles podem acabar com o seu orgulho e como todas as suas crenças, mas com a essência de quem você é JAMAIS!”.

Sendo egoísta? Nem um pouco. Até porque quando o assunto é ferir o outro ninguém mede as conseqüências. E depois faz cara de “desculpa, não foi à intenção”. Ah vá né?! A gente pode e deve se sentir feliz, e se isso provoca a infelicidade de alguns azar.

P.s: Boa semana para vocês! 
Agradecimentos especiais: Bruna Silva, Erica Ferro e Rebeca Postigo!

3 comentários:

Ana Seerig disse...

Pois é, às vezes temos que ser um pouco egoístas e parar de pensar nos outros, no que querem ou no que pensam. Temos que nos colocar como prioridade, nos darmos o direito de sermos felizes.

Pena que a lógica é mais fácil que a prática...

Rebeca Postigo disse...

Falou e disse...
Adorei!!!
Foi um parto pra escrever, mas nasceu algo muito bacana...

Bjs

Erica Ferro disse...

É isso aí!
Tocando o dane-se e sendo feliz!
Ando fazendo o mesmo, coisa fofa, e tem funcionado.

Um abraço, coisa bonita.