A menina;

Quem lhe espiava pela brecha da porta, surpreende-se, porque ela abriu a porta e abandonou a velha casa trancando o passado por lá. Quem lhe vê não a reconhece, por não ser mais aquela menina de olhos tristes a apenas divagar. Agora aquela mesma menina olha além, enxerga as possibilidades onde nunca imaginou. E se terá uma oportunidade de presenciar a felicidade nessas andanças, que seja... Ela só tem pressa em viver!
(17/10/2011)

3 comentários:

Ana Seerig disse...

É bom correr e ir adiante, mas ignorar todo o passado nem sempre é a melhor saída. Sou das que defende o passado como algo belíssimo, apesar de tudo, e que tem muito a nos acrescentar...

Belo conto, Babs!

Christian V. Louis disse...

Em poucas palavras você conseguiu escrever algo realmente bom, admiro autores que conseguem fazer isto, porque eu nunca consegui. rs.
Esta menina está mais que certa, chega um momento em nossas vidas que é hora de deixar a vitimização e as coisas ruins para trás para poder seguir adiante.
Não importa as expectativas, o que vier, o importante é não parar no meio do caminho. Isto é viver. Uma viagem constante.

Erica Ferro disse...

Tem pressa mais linda que essa? Não tem!

:)