Conformismo de todo dia;


O mundo me grita.

Ao despertar a vida me berra em ritmo de Born to be wild e eu não tenho vontade de pegar a autoestrada, tampouco tenho alguma recordação da minha última aventura, que estúpida ideia Steppenwolf! Seria muito mais fácil se eu pudesse permanecer aqui, debruçado sobre o travesseiro e cheirando o bolor do meu quarto às 05:45 da manhã. Talvez esse conselho me caísse bem nos meus 17 anos, mas me sinto velho demais nos meus áureos 27 para ter vontades rebeldes de adolescente.
 
Acho que tô em crise. Minhas costas doem de ficar oito horas diárias sentado em frente a um computador e ouvindo as futilidades das meninas eufóricas na Redação. Me transformei, como diz meu companheiro Chaves, num velho carcomido. Sou tido como o nerd e o mal-humorado que escreve bem. Mas nunca pensei que fosse me tornar isso aos 27. Minha barba por fazer deixa evidente meu desleixo com qualquer coisa que se refira a estilo. E quem disse que isso é falta de estilo?, esse estilo é o meu e ponto.
 
Enfim... As pessoas esperam demais de mim. Minha mãe ainda lava minhas cuecas e, vezenquando, ainda insiste em dizer que eu deveria estudar medicina ou advocacia. Já disse pra ela que não tenho aptidão pra trabalhar com gente e que se quiser me chamar de doutor, pode chamar. Sou phd em fazer porra nenhuma. No final das contas, sou eu quem cuida da minha velha, já que minha irmã é um estorvo que só pula de balada em balada ou de cama em cama. Se ela ao menos bancasse suas próprias despesas, mas não... Seria mais fácil se eu alugasse um quarto numa pensão, mas o comodismo me cai tão bem. Acho que é por isso que não fodo ninguém, nem tem como eu trazer pra cá. Aliás, eu cheiro a cigarro e sei que as meninas não gostam, ou pelo menos a maioria, - minha ex até diz que tenho cara de cafajeste com esses óculos quadrados oitentistas e meu jeito largado de ser.
 
Às vezes, me dá vontade de mudar e juro que até tento usar desse ímpeto pra fazê-lo, mas o mundo me grita e me priva. Acho que não tenho mais tempo pra sonhar. Melhor eu me arrastar pro banheiro e tentar despertar pra mais um dia como outro qualquer.
 
P.s.: daquele harakiri que ficou pra depois tamanha preguiça em partir.

2 comentários:

Meu mundo é UP disse...

' Oi meninas, esta aqui é a minha pg, quem puder estar dando uma olhada, e curtir! Eu agradeço muuuuuuito *-* https://www.facebook.com/pages/Fashion-and-other-things/120470941485716?ref=hl

Allyne Araújo disse...

Que triste isso, hein?! acho que morrer em vida é mais ou menos isso tb.. poxa, cara vc tem que se mexer!!!
rsrsr.. bem legal, Ursa!