Trilogia Cinquenta Tons de Cinza

Pessoas!!!
Mais um domingo e cá estou para falar um pouco sobre livros...
Sim!!!
Estou apaixonada pela trilogia 50 Tons de Cinza...
Para aqueles que não sabem do que estou falando, vou fazer um pequeno resumo sobre os livros...

Cinquenta Tons de Cinza - Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...

Cinquenta Tons Mais Escuros - Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua carreira, trabalhando numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.

Cinquenta Tons de Liberdade - Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.

Bom, praticamente é isso que o livro trás; um romance água com açúcar, salpicado com pimenta. Pra começo de conversa o livro é narrado em primeira pessoa, o que já me ganha em 30% na leitura. Adoro narrações em que o personagem principal narra os acontecimentos, pois o leitor fica condicionado ao que o personagem quer contar. Outro ponto positivo é como você vê o amadurecimento das personagens durante a trilogia.

Apesar das críticas, a autora deixa claro que a personagem conta o que quer e da maneira que quer, impedindo o leitor de adivinhar ou supor o que vai ocorrer depois. Muito tem se falado do livro com respeito a ser um romance erótico, bom gostaria de deixar claro que o que me levou a ler o livro não foram os comentários com respeito a isso, quis ler a trilogia devido a uma amiga minha.

Só pra contar, terminei a leitura ontem do último livro e digo, provavelmente irei reler a trilogia em breve, pois realmente me encantei com a estória...

Hummm...
Depois de todo esse blábláblá sobre o livro...
Me vou...
Tenho que caçar outros livros para ler...
Então...
Beijinho, beijinho...
Tchau, tchau...

3 comentários:

Pandora disse...

Gente essas gurias são mesmo surpreendentes!!! Umas odeiam a trilogia outras amam!!! Esse é o tempero daqui, a diferença que se conciliar!!!!

Eu li o primeiro livro e dei uma olhada nos outros, não acho que sejam terríveis de ruins, só acho que não possuem nada de surpreendente, já li vários livros nessa pegada de 50 tons e eram mais baratos!!!

Bel Rech disse...

Eu li os três em uma semana e me apaixonei pelo segundo, o primeiro me pegou de surpresa...achei um pouco forte para começo de conversa, mesmo assim gostei...Totalmente diferente de tudo que tinha lido..um romance super erótico e que entre quatro paredes vale tudo!

Erica Ferro disse...

Eu ia fazer um comentário detonando essa trilogia, mas deixa quieto... hahahaha. Não é porque eu não vi graça nos trechos que li do primeiro livro que eu devo meter o pau e esculachar os livros. Mas olha, sinceramente, essa é uma trilogia que eu não sinto o menor pingo de vontade de ler.

Porém, é aquela coisa: cada um com seus gostos, né? =D

;)