Palavra

A palavra é faca
é lingua afiada
desenhada em letras
num alvo papel

A palavra é metáfora
é verbo ambíguo
é arma de paz
arma de guerra

A palavra é água no deserto
é fogo do inferno
que queima o poeta

A palavra é minha
é tua
é nossa

Palavra que está dentro do peito
do cérebro
na ponta do lápis

Palavra redentora
detentora da revelação
dos mistérios
que declara a minha paixão
de brincar que a Terra é minha
e que dela sou Rainha
 
(Erica Ferro)
 
A Ericona está sem internet temporariamente e como adoro os poemas dela, cá está mais um que foi originalmente postado lá no Sacudindo Palavras. Um abraço!

2 comentários:

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Que texto lindo, assim como o blog, vim conhecê-lo.

Allyne Araújo disse...

nossa!! lindo mesmo, adorei!!!!