#Top3: vlogs literários

Por que assistir a vlogs literários?, vocês devem estar se perguntando. E lhes indago, por que não ver vídeos que falam sobre livros? Sempre achei admirável quem consegue ficar sob o olhar inquisidor da lenta de uma câmera e com desenvoltura improvisar e dissertar sobre determinado assunto. Sei que soa estranho, eu, uma estudante de jornalismo, falando isso, mas é a pura verdade: não me atraio pelas câmeras. Contudo sou uma curiosa que adora saber sobre os bastidores dessas produções, principalmente se são amadoras como acontece muito, ainda que cada vez mais percebamos que o "amadorismo" seja só modo de falar sobre os vídeos caseiros, porque os vloggers ainda que iniciantes sabem da pressão que sofrerão quando o assunto é: estarem bem equipados com câmeras que captem em boa resolução e áudio, além de contar com o trabalho complementar e essencial de uma edição.

Porém não é somente dessa linha visual que os vlogs têm caminhado, mas também se preocupando com o conteúdo que devem produzir, porque isso sim conquista um "seguidor". Quem quer levar a sério esse hobby acaba se firmando em algum estilo e nada mais justo que a literatura tenha chegado a esse mundo, que anteriormente era predominado para divulgar música e propagar vídeos de humor. Confesso que eu mesma não era muito fã até me render a um ou outro vídeo e quando percebi já estava conferindo minha timeline a procura de uma nova atualização daquele canal que dispunha de ótimas resenhas, ou com uma "bookshelf tour" invejável (porque nada mais instigante e inspirador do que conhecer as prateleiras alheias e ficar babando querendo vários livros para chamar de meus!).

O curioso é que esse vlogs, e acredito que a maioria, são extensões do trabalho de várias blogueiras que já escreviam, em seus respectivos blogs, resenhas e já disseminavam suas paixões pelos livros. E seus canais passaram a ser uma forma de dinamizar ainda mais esse contato blogueiro-leitor para vlogger-telespectador. Sem falar que, automaticamente, cria-se um vínculo cativante de ouvir e ver alguém nos contando sua opinião sobre algum enredo como se fosse uma conversa, quebrando assim a monotonia das intermináveis resenhas escritas.

Mas vamos às minhas indicações que virá em ordem aleatória, porque não tenho mesmo preferência. Até porque os gostos delas e a forma como comentam e/ ou criticam os livros que leem também são diferentes e me agradam muitíssimo!

1. Garota It de Pâm Gonçalves 
A Pâmela criou em 2009 o "Blogando Livros", mas logo depois adotou o nome "Garota It" que tinha o mesmo objetivo e desde então seu blog só vem crescendo e ganhando mais visibilidade e reconhecimento nesse meio de blogs literários. Pâm, como é conhecida por seus seguidores, tem 22 anos e cursa Publicidade e Propaganda e já coleciona boas parcerias com editoras e, acima de tudo, recebe o carinho de um público cada vez mais exigente que adora seu modo de expor sua opinião a respeito de literatura.


2. Literature-se da Mel Ferraz 
A trajetória de Mellory na blogosfera é extensa, ela é blogueira desde 2010 e afirma que desde que se "entende por gente" tem essa necessidade de escrever e, por isso, fazia seu blog de diário -, que por sinal, há uns tempos atrás se chamava "Croissant Parisiense" e até se arriscava abordar sobre moda. Mas em 2013 a mudança veio, Mel, de 20 anos, se envolveu no mundo dos livros e se apaixonou, e hoje fala sobre aquilo que mais ama no Literature-se.


3. Book Addict de Eduarda Menezes 
Eu poderia escrever aqui uma única palavra que resumisse meu encanto por Maria Eduarda Menezes, ou Duda como os internautas a conhecem: pernambucana. Ela tem 25 anos, é autora do Book Addict, mas é jornalista por profissão e se considera uma "devoradora compulsiva de livros". Com seu sotaque carregado e de opinião forte, ela foge dos livros óbvios - do momento - e nos apresenta ótimas obras dos autores clássicos aos mais modernos.

 

Bônus: 
Para não dizer que é uma lista composta apenas por mulheres, apresento também o Bruno Miranda que é divertidíssimo!

Compartilhe comigo mais algum canal legal literário. Sei que existem ótimos vloggeiros!

1 comentários:

Marta Serra disse...

Oi, gostámos imenso do seu blog, é um blog realmente digno de estar na blogosfera, gostávamos que visitasses o nosso e seguisses, seguimos com todo o gosto de volta!

http://oridiculodosblogsportugueses.blogspot.pt/